HOMENS EM AÇÃO


2013

DEPARTAMENTO DE HOMENS

OgAAANTwCfYYw5p2QClCc_melQDI9vnvEqwg7xGMWirfn7j08knL8HhDpRH0oOO0mr5ffx19Qgs2l-ssateBJ51J2ZkAm1T1UHux3G2796NrbYuIlYADsa9ciAoL

Pr. Normando Monteiro e Luiz Landerson ( Diretor do Depart. de Homens)
PRIMEIRA  ATIVIDADE DO DEPARTAMENTO DE HOMENS EM 2013
Culto Doméstico
O culto doméstico é um tesouro perdido na vida da maioria do povo de Deus. Essa perda tem profundas e tristes conseqüências. Ela aponta uma perda de profundidade no relacionamento com Deus e também um enfraquecimento da comunhão familiar. O mundo contemporâneo sofre uma perda de critérios e valores. As coisas urgentes tomaram o lugar das coisas importantes. Pare para analisar: corremos atrás do vento e gastamos toda a nossa energia buscando as coisas que perecem e deixamos de buscar as coisas lá do alto, aquilo que permanece para sempre. Somos esmagados debaixo de um rolo compressor chamado secularismo, somos vítimas da ditadura de uma agenda que empurra o que é espiritual para a lateral da vida pessoal.
Mas um dos maiores benefícios da devocional em família é nos corrigir nesse aspecto. O culto doméstico corrige a prioridade do nosso relacionamento com Deus. Precisamos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar e o culto doméstico abre esse caminho para priorizarmos nossa relação com Deus acima de quaisquer outros interesses.
Não podemos deixar de considerar que o culto doméstico galvaniza os valores de Deus em nossa vida. A marca da nossa sociedade é a superficialidade. Vivemos uma geração que anda errante por ter abandonado os princípios e os absolutos de Deus.Na era da comunicação e da explosão do conhecimento, vemos uma geração analfabeta da Bíblia e a perda dos critérios bíblicos está produzindo uma geração entregue ao relativismo moral. Sem conhecimento da verdade não há como construir uma sociedade justa. A família é a base de todos os outros relacionamentos horizontais. Se a família estiver sem critérios, a sociedade vai se perder nos labirintos da permissividade.
Base bíblica
O culto doméstico tem suas raízes no próprio Deus ao criar o ser humano para ter íntima comunhão com Ele. Foi plano de Deus que esse ser criado formasse família e juntos servissem ao Senhor com alegria. – plano esse seguido por Josué, conforme o capítulo 24:14-15: “Agora, pois, temei ao Senhor e servi-O com integridade e com fidelidade (…) eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.
Josué não faz da adoração ou do culto a Deus vivo algo opcional e diz que o Senhor quer ser adorado e servido voluntária e deliberadamente pelas nossas famílias. O profeta reforça o ato de culto a Deus nas famílias com o seu próprio exemplo. Fica claro que ele está se dirigindo aos cabeças das famílias – ele tem uma liderança de tal ordem sobre a sua família que ele fala por toda a sua casa.É importante destacar que “servir” é uma palavra abrangente e se refere a muitos atos de adoração a Deus. Em muitas passagens bíblicas observamos o estímulo a adoração no lar. Como diz Deuteronômio 6:6-7: “Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te” (Dt 11:18-19).Um texto paralelo no Novo Testamento é Efésios 6:4: “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor”. Por exemplo, Timóteo tirou grande proveito da instrução diária de uma mãe e de uma avó tementes a Deus.
Outro trecho importante é de Colossenses 3:16: Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração”.
“É importante a família entender que ‘Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’ (Dt 8:3; Mt 4:4). Deus exige que O adoremos não apenas particularmente como pessoas, mas também em público como membros do corpo e como famílias. O Senhor Jesus é digo disso, a Palavra de Deus o ordena, e a consciência o reconhece como nosso dever. É necessário que os pastores estimulem as famílias a realizarem o culto doméstico como Abraão o fez: ‘Porque eu o escolhi’, disse Deus, ‘para que ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e o juízo; para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que tem falado a seu respeito (Gn 18:19)'”,

Família

Um grande benefício do devocional em família é a comunhão familiar. A sociedade contemporânea está assistindo a degradação familiar inerte. O culto doméstico é um instrumento para a família fechar a agenda do urgente e abrir a agenda do importante. O culto doméstico mostra que a família que ora unida triunfa sobre as dificuldades.Em II Timóteo 3:4-5 somos advertidos sobre pessoas que amam mais os prazeres “do mundo” do que a Deus. O tempo tirado das atividades e negócios familiares para se buscar a bênção de Deus jamais é ou será um desperdício. Afinal, fomos criados para a eternidade e orientados por Deus a “ajuntarmos tesouros no céu” e não na Terra. Como, então, não ter tempo para aquilo que será eterno em nossas vidas: a comunhão com Deus?A adoração o Senhor no lar precisa ser valorizada por todas as gerações. A avalanche distorções morais que são jogados contra os lares, especialmente por meio da mídia, só pode ser combatida com a família unida em torno do altar da adoração a Deus. É melhor desligar o altar da televisão e acender o altar da adoração.

Culto familiar para adolescentes

Família reunida para o culto doméstico. Cena fácil para o adolescente dar uma desculpa qualquer e sair correndo. Mas os motivos de reações como essas são fáceis de identificar: o pai faz uma leitura bíblica longa estrategicamente escolhida para “alfinetar” os filhos, antes não conversam sobre um assunto em comum da semana, excesso de cerimônia, falta de música para alegrar… O adolescente de hoje está crescendo num mundo totalmente diferente daquele de seus pais e avós. Toda a sua base cultural é diferente e as práticas de culto julgadas próprias para gerações anteriores provavelmente deixam de impressioná-los. É hora de rever modelos e tornar o culto doméstico em um momento prazeroso para pais e filhos. Aí vão algumas dicas:

1º Focalize a família – antes da oração final, descubra o que aconteceu durante o dia. Demonstre interesse genuíno nas coisas que interessam aos adolescentes. Dê aos adolescentes alguma tarefa a desempenhar no culto – se houver crianças pequenas em casa, envolva seus filhos mais velhos, dando lhes a responsabilidade de cuidar dos cultos dos pequeninos. Desempenhar uma parte visível para significar toda a diferença nas atitudes para com o culto doméstico. As orações e apresentações deles provavelmente serão não convencionais, a ponto de parecerem absurdas. Quando isso ocorre, o fato de você aceitar ou não pode ser decisivo para a futura participação deles, ou sua disposição de colaborar.
2º A Bíblia precisa continuar sendo a base – não devemos esquecer jamais a importância suprema das escrituras como nosso guia para conhecer a Deus. Os adolescentes acharão a Bíblia interessante se ela for apresentada de maneira sábia, na versão na linguagem de hoje. Use os livros da meditação matinal. Evite orações cansativas – seja específico em suas orações, como se estivesse conversando com o melhor amigo. Mencione cada um de seus filhos por nome e peça ajuda divina para as tarefas seculares que ocupam a cada um.
3º Faça um culto breve – O culto pode ter no máximo 25 minutos. Faça o culto no horário combinado – os adolescentes detestam fazer o culto numa hora em que gostariam de estar fazendo outra coisa. Adiar o culto para tarde da noite é um desastre, pois estará sempre associado ao cansaço. Prepare o ambiente para o culto, assegurando-se de que a possibilidade de tensão seja minimizada.
4º Deixe de sermonear – os adolescentes ficam muito espertos e se ressentirão ao ouvir exortações sobre bom comportamento. Eles gostam de uma boa narrativa com apenas uma pequena dose de mensagem no final. Torne o culto relevante – o tema deve relacionar-se com as questões de interesse imediato com que se defrontam: emprego, justiça social, educação, sexualidade, drogas, sobrevivência etc. Para comunicar-se com os adolescentes a respeito desses temas, o adulto precisa ser habilidoso. Cristo é o modelo óbvio para os pais nesse aspecto. A maneira como Ele falava com as pessoas era informal e sem afetação.
5º Se um tipo de culto não funciona, tente outro – não pense que você é um fracasso porque uma determinada abordagem não está funcionando. Os adolescentes apreciam os pais que estão preparados para conhecer a necessidade de alguma mudança. Discutam o assunto, sempre.

No Amor de Cristo!

Diretor do Depart. de Homens: Luiz Landerson

Pastor: Normando Monteiro

9470_268105573318452_27620287_n

2012

FEVEREIRO

ANIVERSARIANTES DO MÊS DE FEVEREIRO

Graças a Deus que nos dá a vitória. Nesse mês de Fevereiro temos a alegria de ter os amados irmãos, André Monteiro, Gilberto dos Santos, e Matheus Oliveira,completando mais um ano de vida. Que Deus continue abençoando o lar,  e o  ministério dos amados irmãos, tornando-os cada dia mais que vencedores em Cristo Jesus.

André e Gilberto

Matheus Oliveira

FELIZ ANIVERSÁRIO! ANDRÉ , GILBERTO, E MATHEUS.

É o desejo dos que fazem parte da MEPB – Valentina II

Pr. Normando Monteiro


2011

ABRIL

ANIVERSÁRIANTE DO MÊS DE ABRIL

Graças a Deus que nos dá a vitória. Nesse mês de abril temos a alegria de ter o Diácono Sandro completando mais um ano de vida. Que Deus continue abençoando o lar, o trabalho e o  ministério do amado irmão, tornando cada dia mais que vencedor.


Diac. Sandro 05/04

FELIZ ANIVERSÁRIO, SANDRO!

É o desejo dos que fazem parte da MEPB – Valentina II

Pr. Normando Monteiro


MARÇO

ogaaantwcfyyw5p2qclcc_melqdi9vnveqwg7xgmwirfn7j08knl8hhdprh0ooo0mr5ffx19qgs2l-ssatebj51j2zkam1t1uhux3g2796nrbyuilyadsa9ciaol

 

 

 

 

TESOURO EM VASO DE BARRO

“Temos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós”

(2 Co 4.7).

QUE TIPO DE VASOS(Homens)  TEMOS SIDO?
2 TIM 2: 20-26

– Existem vários tipos de pessoas (vasos) dentro Do lar.

  • Ouro e Prata –  não oscilam – se mantêm firmes
  • Madeira e barro – se desgastam e quebram ao longo do tempo.

Não sei que tipo de vaso é você, porem, o conteúdo do vaso de barro é  genuíno (2 co 4.7). Nossa fraca natureza humana, que inclui, mas não está limitada a nossos corpos físicos. Essa fraqueza estabelece um grande contraste com a glória do evangelho, e Paulo relembra-nos que a maneira de Deus atuar é agir através daqueles que são fracos e nada impressionantes aos olhos do mundo. Paulo tinha em mente uma única coisa: sempre dar glória a Deus e não a si mesmo.

PARA ME TORNAR UM GRANDE HOMEM EM VASO DE BARRO, PRECISO RECONHECER, NÃO SOU NADA E DEUS É TUDO EM MIM. 1 tess. 4.3

1)     Permitir que o Espírito Santo transforme o homem interior;

2)     Ter uma Alma que descansa nas promessas do Senhor;

3)     Coração quebrantado e contrito, isso Deus não despreza.

Reconhecer-nos como vasos de barro, é reconhecer a maravilhosa graça que nos foi dada. Nesta reflexão, aprendemos a enxergar nossos corpos como frágeis vasos de barro. Todavia, em sua fragilidade, guardam um tesouro incomparável – o conhecimento do Evangelho que

transforma. Portanto, compartilhe este tesouro com aqueles que dependem de você; seus filhos, sua esposa.

Embora as aflições possam causar o desgaste do exterior da família, o Espírito, que dá vida, renova seu interior dia após dia, em preparação para a glória do porvir. Incentivo você HOMEM DE DEUS a mudarem seu enfoque do peso das circunstancias temporárias e externas para o peso interior e eterno da glória, herança daquelas que crêem. DEIXE DEUS CRESCER EM VOCÊ

Pastor Normando Monteiro



FEVEREIRO

Graças a Deus por mais um mês de reunião dos Varões (26/02). São momentos que Deus tem falado com cada um. E nos abençoado como homens de Deus.  Após uma dinâmica desenvolvemos o tema.

O tema desse mês foi:

TEMA;  UNIÃO NOS  RELACIONAMENTOS (EU, DEUS E VOCÊ)

Texto Básico: I cor. 3 16 – 20; Ecles. 4.12

“Não sabeis que sois  o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” I cor. 3.16

“E serão os dois uma só carne, e assim já não serão dois, mas uma só carne.” Mc.:10.8

Que cada um de nós possamos ser somente de Deus, então, tudo que fizermos no lar, no trabalho, na igreja, …, etc. Será para agradá-Lo.

Que Deus nos ajude a sermos servos fieis!

Pr. Normando Monteiro

TUDO DELE!

Com nada mais me importar, a não ser em agradá-lo.
Nada mais sofrer, que não seja por Ele.
Nunca mais descansar, enquanto não alcançá-lo.

Com nada mais se alegrar, que não seja por Ele planejado.
Nem um minuto mais viver, se não for com Ele.
Nada mais ter se não for por Ele dado
Não ter mais a vida como minha, mas como Dele!

Em tudo Dele depender, mesmo para amá-lo!
Somente Ele ver, nada e ninguém mais!
Meu coração no Dele, como nunca, guardá-lo!

Fecho meus olhos para somente Ele ver
Abro bem os ouvidos para tudo Dele escutar
E guardo o meu coração, para acima de tudo, a Ele amar!

OH!… DEUS! POR QUE EU?

Nosso relacionamento com Deus é
pautado pela ingratidão e soberba.
Sempre nos achamos merecedores
do bem que recebemos; e ser uma
injustiça divina o mal que nos aflige.

Você já exclamou?
“OH!… DEUS! POR QUE EU?”.
Quando foi divinamente abençoado?



FEVEREIRO

ANIVERSÁRIANTES DO MÊS

‘Grandes coisas fez o Senhor por eles’ Salmo 126.2b

Deus continue abençoando nossos amados irmãos todos os dias de suas  vidas.

Pr. Normando Monteiro

JANEIRO

29/01/2011 – PRIMEIRA REUNIÃO DO ANO DO DEPARTAMENTO DE VARÕES

TEMA; “Sob tua palavra lançarei a rede” Luc. 5: 1 – 11

Jesus deu a Pedro e seus amigos uma experiência sobrenatural de provisão. Após eles terem tentado uma noite inteira, não pescaram nada, mas com a presença de Jesus, a pesca foi maravilhosa.O que aprendemos com a experiência de Pedro:1) Deixe Jesus entrar em seu barco, e conduzí-lo conforme sua vontade (5.3)2) Alimente sua fé ouvindo a palavra de Deus (5.3b)3) Aprenda a ouvir a voz de Deus (5.4)4) Não confie em si mesmo, seja você quem for (5.5a)5) Lance a rede, mediante a palavra de Cristo (5.5b)Resultados alcançados:a) Abundância de provisão (5.6)b) Testemunho do milagre e evangelismo (5.7)

c) Reconhecimento da autoridade de Cristo (5.8)

d) Transformação de vida (5.11)

Foi uma tarde abençoada, onde tivemos a participação dos varões, onde compartilhamos uns com os outros, onde Deus falou poderosamente aos nossos corações. Aleluia o Senhor está levantando homens fortes e abençoados  para juntos trabalharmos na obra do Rei Jesus.


Pastor Normando Monteiro

ANIVERSÁRIANTES  DE  JANEIRO

“Este é o dia que fez o senhor, regozijemo-nos e alegremo-nos nele.”

É com alegria que felicitamos o irmão André Pereira e o Pr. Antonio Domingos pela passagem do seu aniversário. Deus vos abençoe.

Pr. Normando Monteiro

André Pereira 23/01

Pr. Antônio Domingos 27/01

Findamos 2010, ás lutas foram muitas, mas “Em todas essas coisas, somos mais que vencedores, por intermédio daquele que nos amou.” Obrigado Deus.

Pr. Normando Monteiro.

ANIVERSARIANTES DE DEZEMBRO

“”Este é o dia que fez o senhor, regozijemo-nos e alegremo-nos nele.”

É com alegria que felicitamos o irmão Alex Yan e o irmão Maciel pela passagem do seu aniversário. Deus vos abençoe.

Pr. Normando Monteiro

Alex Yan – 01/12

Maciel – 11/12

Este slideshow necessita de JavaScript.

NOVEMBRO

“ Um varão sábio é forte, e o varão de conhecimento consolida a força” Provérbios 24.5

Ao  nosso Deus toda honra e glória, para todo sempre.Amem!

É com alegria que, no dia 20/11/2010, iniciamos as reuniões do Departamento de varões da nossa congregação. Homens valorosos, disponíveis a obedecer o chamado do PAI, o nosso eterno Deus.

Nessa reunião tivemos trabalhando o tema gerador dos departamentos nesse mês de novembro que foi “PEDRAS EM PÃES’.

Certo de que DEUS falou com cada um de nós, nos ajudando como devemos transformar as tempestades de pedras em pães. Nos conscientizando que cada um de nós temos que procurar uma fórmula de comportamento capaz de tirar toda aura mística da mensagem de Cristo, transformando-a em algo prático para homens de carne e osso. Que esse momento marcado por DEUS jamais possamos esquecer, mas, a partir dele nos tornarmos cada vez melhores nos nossos relacionamentos.

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com [o bem].
Carta de Paulo aos Romanos. 12.21

Que DEUS abençoe todos os homens valorosos!

Pastor: Normando Monteiro

Pedras em Pães

por lucaspedro em terça-feira, 10 fevereiro 2009

No dia 3 de fevereiro, mudei de casa pela décima primeira vez, agora pra minha casa. Muita coisa pra arrumar, armários pra montar e paredes pra pintar. Sobre o muro, próximo a porta, uma fileira de pedras me chamou a atenção. Lembrei que tinham me avisado sobre os dois cachorros infernais do vizinho, que latem dia e noite sem cessar. Conclui que as pedras estavam ali prontas para serem lançadas nos perturbadores de plantão. Elas serão muito úteis! Pensei comigo.Um segundo depois, repensei e as joguei fora, pois usaria uma outra estratégia.

Nos dias seguintes, sempre que voltava da padaria trazendo alguns pães, pegava um pedaço e jogava pra eles; o Scooby – uma mistura de pastor com vira-lata e o Tigre – um bassê que não honra em nada seu nobre pedigree. Bem, o resultado foi mais rápido do que previ, em uma semana conquistei o respeito deles que atendem meus pedidos de silêncio. O próprio vizinho, dono deles, ficou surpreso com a calma com que eles me observam quando apareço no muro. A fórmula óbvia havia funcionado: “Pedras por Pães”.

Alguns dias depois deste episódio, me surpreendi numa crise de fúria-cômica enquanto fazia meu filho, Vitor, de apenas onze meses, nanar. Minha raiva era tanta que tive vontade de esganar o lindo garotinho no berço. Foi quando joguei a toalha e passei o bastão para a Ju, minha esposa. Então deitei na cama com uma sensação de frustração e impotência gigantesca. Me senti fraco e pequeno, como na verdade sou. Sentir raiva do filho é um sentimento desolador em qualquer situação, pois, antes de mais nada, joga na cara nossa debilidade e instabilidade emocional.

Pois bem! Fiz uma breve oração que mais pareceu um gemido e me levantei para o segundo “Round”. Fui até a sala, peguei o Vitor no colo com todo carinho, debrucei-o sobre meu peito e finalmente o fiz dormir. A tempestade de pedras havia passado e mais uma vez, de uma forma trôpega, havia trocado-as por pães.

Há algum tempo tenho procurado uma fórmula de comportamento capaz de tirar toda aura mística da mensagem de Cristo, transformando-a em algo prático para pessoas de carne e osso, como eu. Nesta busca, ironicamente, o próprio satanás me deu a dica, dizendo a Jesus: “Se é mesmo o Filho de Deus, transforme esta pedra em pão”(Lucas 4.3). Jesus não atendeu o pedido naquele contexto, porém, no decorrer de sua vida terrena, Ele o fez centenas de vezes: salvando uma prostituta de ser apedrejada, alimentando multidões, curando enfermos e transformando os corações até de oficiais romanos. Seu comportamento tornava as pedras inúteis no momento onde os homens as achavam insubstituíveis. Ele nos mostrou o padrão de comportamento mais consciente e eficaz para transformar o próprio mal em bem, a própria morte em vida.

Busco hoje, me distanciar cada vez mais dos “aleluias”, “amens” e de todo tipo de “firulas eclesiásticas”, para ir de encontro a esta fórmula, difícil, mas possível, capaz de transformar “pedras em pães”.

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com [o bem].
Carta de Paulo aos Romanos. 12.21

OgAAABCZSVtE4BTf2-UaEOq1QGZ9qzrttjXJhVU_kCEFCL1Mi3Kl4ZnDoeeyEYm9CK-bnmHxkE1PeIhGDZhV0HwWsmoAm1T1ULoQhg1OhlV-r_Uu1xCDranSXX96

ANIVERSARIANTE  DE NOVEMBRO

Pr. Normando Monteiro

É com alegria que no dia 06/novembro fez aniversário o Pr. Normando Monteiro. O departamento masculino deseja todas as bençãos de Deus sobre a vida dele.

“Este é o dia que fez o Senhor regozijemo-nos e alegremo-nos Nele”  Salmo118.24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: